Busca: OK
Acesso Rápido:

Reeducação Alimentar

Obesidade é o acúmulo de gorduras no corpo causado por um consumo excessivo de calorias na alimentação. É a doença que mais cresce no mundo e mais da metade da população brasileira já está acima do peso recomendado.

Se você deseja emagrecer e ter hábitos de vida e alimentares mais saudáveis, é preciso criar consciência de que algumas mudanças são necessárias.

Você é aquela pessoa que já tentou emagrecer diversas vezes, e apresentou o efeito sanfona? Que já fez diversos tipos de dieta: da sopa, da proteína, da exclusão do carboidrato? Que já fez todos os tipos de tratamento para ¨perder peso¨, tais como: acompanhamento com Nutricionista ou Endocrinologista, fez uso de medicações?

E quando foi que você pensou que, para emagrecer não é preciso ter atitudes drásticas e momentâneas? E sim mudar hábitos alimentares para a vida toda, mudar seu comportamento diante do alimento, mudar, principalmente, seu pensamento no momento de se alimentar, elevar sua autoestima, evitar pensamentos sabotadores (que te afastam do emagrecimento), aprender a ter pensamentos funcionais (que auxiliam no processo de emagrecimento), aprender a mastigar lentamente.

Você percebeu que a palavra chave de tudo isso é ¨mudança¨? Para mudar, é preciso muita força de vontade, foco e conscientização. Além disso, você sabia que para reeducar hábitos alimentares e emagrecer, não é preciso nem cortar e nem proibir da sua alimentação os alimentos que você gosta? Mas aprender a comê-los com moderação e saboreá-los com muita satisfação? Pois é, e o resultado disso é o emagrecimento e a eliminação de peso, de forma duradoura e consistente.

O segredo de uma reeducação alimentar bem sucedida é você aprender a se alimentar e a se ¨relacionar¨ com os alimentos de forma diferente que fazia habitualmente. Reduzir as porções, melhorar a qualidade das suas refeições escolhendo alimentos mais saudáveis, aprimorar a mastigação, ingerir mais água durante o dia.

Portanto, se o seu objetivo é emagrecer, mude o que for preciso, reeduque hábitos e faça disso um processo gradual e prazeroso.

 

Elaborado por Bibiana de Camargo Heldt – Nutricionista: CRN2 8394 - Colaboradora do Hospital Sapiranga